Logo

Morre Vânia Bambirra

 

vaniabambirra


Faleceu no último dia 9 de dezembro a militante marxista Vânia Bambirra, uma das criadoras da Teoria da Dependência e cientista política reconhecida na América Latina pela autoria de obras fundamentais para a compreensão, e destruição, do capital. Nascida em Minas Gerais e filha de um militante do Partido Comunista Brasileiro, Bambirra militou na Organização Revolucionária Marxista-Política Operária (Polop) e durante a ditadura militar foi obrigada a deixar o país, seguindo para o Chile, onde aprofundou os estudos sobre as transformações que ocorriam nas relações da América Latina com as potências imperialistas. Atingida no Chile pelo golpe militar de Pinochet, Vânia mudou-se, junto com outros militantes, para o México, onde permaneceu até 1979, quando retornou para o Brasil com a anistia.

Suas críticas ao reformismo, que nos anos 80 ganharam força principalmente com a consolidação do PT, fizeram com que seus estudos não ganhassem a repercussão devida no país, ao contrário do que ocorreu em diversos outros países sul-americanos, onde suas obras possuem maior destaque. Bambirra manteve sua militância e dedicação no busca do avanço da teoria revolucionária em toda sua vida.


Comunista atenta às mudanças da forma de dominação do capitalismo, foi uma defensora do caminho revolucionário e jamais permitiu que as novas formas de dominação social e econômica nublassem a real perspectiva de ruptura com a burguesia. Por isso sempre situou a Revolução Cubana como um marco na história dos países latino-americanos.

O marxismo se despede de uma incansável lutadora movido pela certeza de que novos militantes vão continuar este caminho, tendo Vânia Bambirra como um de seus exemplos de vida e dedicação. O teatro de horrores do capital não será capaz de encobrir o sol dos que sonham e lutam.


 

 




© Copyright 2011 - 2012 www.mmarxista5.org