Logo

Morre o camarada Vito Giannotti

 vito

Exemplo de luta e dedicação ao proletariado e a revolução Vito Giannotti faleceu nesta sexta-feira (24), aos 72 anos, em sua casa, no Rio de Janeiro. Nascido na Itália, Vito chegou ao Brasil em 1964, aos 21 anos, onde trabalhou como metalúrgico e integrou as fileiras de importantes sindicatos e representações trabalhistas. Com a paixão e sinceridade que lhe era característica, defendeu a importância da comunicação como arma contra a burguesia, suas obras carregam o traço marcante da busca pela práxis materialista.


Além de sua própria história pessoal, Vito deixa uma vasta obra de mais de 20 títulos sobre a luta dos trabalhadores, como instrumento para a derrubada do capitalismo. O entusiasmo com que enfrentou a ditadura, a grande armadilha da redemocratização e o neo-liberalismo segue como um norte para todos os que sonham com um mundo de liberdade plena e fraterna.


Em seus trabalhos teóricos fez importantes resgates históricos sobre a luta do proletariado no Brasil. Ao lado da companheira Claudia Santiago construiu 0 Núcleo Piratininga de Comunicação, levou a diversas entidades, sindicatos e movimentos sociais a importância de organizar e estruturar a comunicação e também a livraria Antônio Gramsci.


Aos comunistas de todo o mundo Vito deixa também seu sorriso franco e a fraternidade que marcaram a todos os que tiveram a sorte de o conhecer.


Camarada Vito Giannotti:
Presente!


 

 




© Copyright 2011 - 2012 www.mmarxista5.org